quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Bavaroise de Tamarilho

Vi no mercado um belo fruto, que já conhecia dos mercados quando morava na Madeira, que sempre despertou-me a atenção, pelo seu formato e pelo seu interior.

Não era tomate, não era maracujá. Era tudo junto. Tomate-Maracujá, chamavam assim os madeirenses.

Nunca cheguei a provar. Agora que voltei a ver esse fruto tão rico nas bancadas, que por sua vez os açorianos chamam de tamarilho, decidi arriscar e comprar para tentar confeccionar alguma receita com tão belo fruto.

Encontrei na blogosfera esta receita, e sem mais tempo a perder deitei mãos à obra. Claro, fiz as minhas alterações.

Demolhei 2 folhas de gelatina em água com gelo.

Num tacho, coloquei ao lume um pacote de natas, uma lata de leite condensado e a mesma medida da lata cheia de tamarilhos descascados e cortados aos bocadinhos (foram cerca de 10).

Levei ao lume para aquecer, mas não ferver.

Com a ajuda da varinha mágica, desfiz melhor o preparado, para ficar bem sedoso.

Coloquei de seguida as folhas de gelatina, escorridas, dentro do preparado para derreter.

Mexi bem, deixei arrefecer.

À parte, triturei (mas não muito) um pacote de bolachas Maria e misturei 75 gr de margarina derretida (vaqueiro líquida).

Coloquei na base de uma tarteira de fundo amovível e calquei bem. (Não pus tudo, pois guardei um bocadinho para a decoração final).

Depois foi só colocar o preparado de tamarilho por cima.

Numa frigideira anti-aderente, colocar a bolacha triturada que guardamos da base e umas amêndoas picadas. É só deixar torrar um pouco e coloca-se por cima.

Uma excelente sobremesa e uma maneira bem saborosa de aproveitar o tamarilho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...